Primeira fase

A primeira fase dos planos de longo prazo do projeto já está em andamento. Jacque Fresco, futurista, inventor, desenhista industrial e fundador do Projeto Venus, e sua sócia Roxanne Meadows completaram a construção de um centro de pesquisa de 25 acres [101.171,83 m²] em Venus, Flórida para ajudar na divulgação das propostas do Projeto Venus. Vídeos, panfletos, e um livro recentemente publicado, The Best That Money Can’t Buy: Beyond Politics, Poverty, and War (O melhor que o dinheiro não pode comprar: além da política, pobreza e guerra), foram criados para ajudar a aumentar o conhecimento público sobre este projeto e suas muitas propostas.

 

Segunda fase

A segunda fase inclui a produção de um longa-metragem que irá retratar como funcionaria um mundo que aderisse às propostas desenvolvidas pelo Projeto Venus. Esse filme proporcionaria uma perspectiva positiva de uma sociedade pacífica em que todas as pessoas formam uma família global no planeta Terra. Uma civilização na qual todas as pessoas estão envolvidas na busca de um melhor entendimento do mundo que elas compartilham. Esse filme tem sido desenvolvido para ser uma experiência de entretenimento e educação para adultos e crianças.

 

Terceira fase

Para testar seus designs e propostas, o Projeto Venus está trabalhando para colocar seus ideais em prática através da construção de uma cidade para pesquisas experimentais. Os esboços para a maioria das tecnologias e construções iniciais já começaram. Esforços para angariar fundos estão agora em andamento para ajudar no financiamento da construção dessa primeira cidade experimental. Essa nova cidade para pesquisas experimentais será dedicada a trabalhar para atingir as metas e objetivos do Projeto Venus, que são:

Realizar a declaração dos recursos mundiais como patrimônio comum de todas as pessoas.

Transcender as divisões artificiais que hoje arbitrariamente separam as pessoas.

Substituir economias nacionalistas baseadas em dinheiro por uma economia baseada em recursos.

Ajudar na estabilização da população mundial através da educação e do uso voluntário de contraceptivos.

Regenerar e restaurar o meio ambiente de acordo com o melhor de nossa capacidade.

Reprojetar cidades, sistemas de transporte, agroindústrias, e fábricas para que sejam energeticamente eficientes, limpos e capazes de servir convenientemente às necessidades de todas as pessoas

Livrar-se gradualmente das entidades corporativas e dos governos, (locais, nacionais, ou supranacionais) como meios de gestão social.

Compartilhar e aplicar novas tecnologias para o benefício de todas as nações.

Desenvolver e usar fontes de energia limpas e renováveis.

Produzir a mais alta qualidade em produtos para o benefício das pessoas do mundo inteiro.

Exigir estudos sobre o impacto ambiental antes da construção de quaisquer megaprojetos.

Encorajar o mais amplo espectro de criatividade e incentivo a empreendimentos construtivos.

Superar o nacionalismo, o fanatismo e o preconceito através da educação.

Eliminar o elitismo, seja técnico ou de qualquer outra forma.

Delinear metodologias através de pesquisas meticulosas em vez de opiniões aleatórias.

Melhorar a comunicação nas escolas implementando uma língua internacional neutra, esperanto por exemplo, que facilitasse a comunicação entre todos os povos.

Fornecer não só as necessidades básicas de sobrevivência, como também desafios que estimulem a mente ao mesmo tempo em que enfatizam a individualidade em detrimento da uniformidade.

Finalmente, preparar as pessoas intelectual e emocionalmente para as mudanças e desafios que vêm pela frente.

Quarta fase

Após a construção da cidade para pesquisas experimentais, um parque temático também planejado irá tanto entreter como informar os visitantes sobre as possibilidades para os estilos de vida não-nocivos ao meio ambiente visionados pelo Projeto Venus. Este fornecerá casas inteligentes, sistemas de transporte não poluentes e de alta eficiência, tecnologia computacional avançada, e muitas outras inovações que poderão acrescer valor às vidas de todas as pessoas – em um período curtíssimo de tempo.

Ninguém decerto pode predizer o futuro. Podemos apenas extrapolar nos baseando nas informações e tendências atuais. O crescimento da população, a mudança tecnológica, as condições mundiais do meio ambiente e os recursos disponíveis constituem o critério primordial para as projeções futuras.

Não há uma única filosofia ou ponto de vista, seja religioso, político, científico, ou ideológico, do qual ninguém irá discordar. Estamos certos, contudo, de que os únicos aspectos do Projeto Venus que podem parecer ameaçadores são aqueles que os outros projetam nele.

O Projeto Venus não é utópico nem orwelliano, tampouco reflete os sonhos de idealistas nada práticos. Ao contrário, ele apresenta objetivos alcançáveis exigindo apenas a aplicação inteligente do que nós já sabemos. As únicas limitações são aquelas que impomos a nós mesmos.