Projeto Venus Bertioga z

 

O Projeto Vênus é uma organização que promove as visões do futuro de Jacque Fresco através de um website e pela distribuição de vídeos e literatura. Tem como objetivo melhorar a sociedade pela construção de cidades sustentáveis, a utilização de energia de forma eficiente e a gestão dos recursos naturais da Terra usando automação avançada, focando nos benefícios à sociedade. A organização foi fundada por Jacque Fresco e por Roxanne Meadows em 1995, embora o Projeto já exista desde os anos setenta.

O nome da organização tem origem na cidade de Venus, Flórida, onde o centro de pesquisa da organização está situado.

Resumidamente, o Projeto Vénus é uma organização que propõe um plano de ação viável para uma mudança social; um plano que trabalha na direção de uma civilização global, pacífica e sustentável. Apresenta uma alternativa que se esforça para que os direitos humanos não sejam apenas uma proclamação escrita, mas também uma forma de vida.

O Projeto Vénus propõe uma visão não daquilo que será o futuro, mas do que pode vir a ser, uma vez que seja aplicado o conhecimento científico de forma eficiente na resolução dos problemas da civilização mundial para torná-la sustentável. De acordo com a abordagem do projeto, os problemas da sociedade contemporânea, como a guerra, pobreza, fome, dívida, e o sofrimento humano desnecessário são vistos não apenas como evitáveis, mas como totalmente inaceitáveis. Qualquer coisa que fique aquém disso resultará na continuação do mesmo tipo de problemas que se podem encontrar no mundo atual. O Projeto Vénus apresenta uma visão alternativa para uma civilização mundial sustentável, diferente dos sistemas políticos, econômicos ou sociais já experimentados. Antevê um tempo, no futuro próximo, em que o dinheiro, a política, e os interesses nacionais foram descartados. Embora esta visão possa parecer idealista, é baseada em anos de estudo e pesquisa experimental. Abrange áreas que vão desde a educação, transporte, e fontes de energia limpa, até sistemas de cidades completas.

Muitas pessoas acreditam que o que é necessário são padrões éticos mais elevados e a promulgação de leis e tratados internacionais para assegurar uma sociedade global sustentável. Mesmo que as pessoas mais éticas do mundo fossem eleitas para cargos políticos, sem recursos suficientes ainda teríamos muitos dos mesmos problemas que temos hoje. Enquanto algumas nações controlarem a maior parte dos recursos do planeta e o lucro for o objetivo principal, o mesmo ciclo de eventos prevalecerá. Ao mesmo tempo que proliferam os desafios globais e a informação científica, as nações e os povos enfrentam ameaças comuns que transcendem as fronteiras nacionais. O sobrepovoamento, a falta de energia, o aquecimento global, a poluição ambiental, a escassez de água, as catástrofes econômicas, a propagação de doenças incontroláveis, e a substituição de pessoas por máquinas ameaçam-nos a todos. Embora muitas pessoas se dediquem a mitigar essas condições, os nossos problemas sociais e ambientais permanecerão intransponíveis enquanto algumas nações e interesses financeiros poderosos mantiverem o controle e consumirem a maior parte dos recursos do planeta – enquanto prevalecer o sistema monetário mundial.

A Terra é rica e tem numerosos recursos. A prática de racionar recursos através do controle monetário já não faz sentido e é contrária à nossa sobrevivência. Hoje em dia, temos tecnologias altamente avançadas, mas o nosso sistema social e econômico não tem acompanhado os nossos avanços tecnológicos. Poderíamos criar facilmente um mundo de abundância para todos, livre da servidão e da dívida, baseado na capacidade de proteção dos recursos da Terra. Com uma aplicação humanitária e inteligente da ciência e da tecnologia, os povos da Terra podem, juntos, guiar e moldar o futuro enquanto protegem o ambiente. Nós não temos dinheiro suficiente para conseguir estes objetivos, mas temos recursos mais do que suficientes. É por isso que advogamos uma Economia Baseada em Recursos.