A Servidão Moderna – Capítulo XIX: Perspectivas

“Cavalheiros, a vida é muito curta… Se nós vivemos, vivemos para andar sobre as cabeças dos reis. ”

William Shakespeare

 

A autogestão nas empresas e a democracia direta na escala comunal constituem as bases desta nova organização que deve ser anti-hierárquica tanto na forma quanto no conteúdo.

O poder não é para ser conquistado, ele deve ser destruído.


A SERVIDÃO MODERNA I: EPÍGRAFO

A SERVIDÃO MODERNA II: A SERVIDÃO VOLUNTÁRIA

A SERVIDÃO MODERNA III: A ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL E O HABITAT

A SERVIDÃO MODERNA IV: A MERCADORIA

A SERVIDÃO MODERNA V: A ALIMENTAÇÃO

A SERVIDÃO MODERNA VI: A DESTRUIÇÃO DO MEIO AMBIENTE

A SERVIDÃO MODERNA VII: O TRABALHO

A SERVIDÃO MODERNA VIII: A COLONIZAÇÃO DE TODOS OS SETORES DA VIDA

A SERVIDÃO MODERNA IX: A MEDICINA MERCANTIL

A SERVIDÃO MODERNA X: A OBEDIÊNCIA COMO SEGUNDA NATUREZA

A SERVIDÃO MODERNA XI: A REPRESSÃO E A VIOLÊNCIA

A SERVIDÃO MODERNA XII: O DINHEIRO

A SERVIDÃO MODERNA XIII: NÃO HÁ ALTERNATIVA NA ORGANIZAÇÃO SOCIAL DOMINANTE

A SERVIDÃO MODERNA XIV: A IMAGEM

A SERVIDÃO MODERNA XV: A DIVERSÃO

A SERVIDÃO MODERNA XVI: A LINGUAGEM

A SERVIDÃO MODERNA XVII: A ILUSÃO DO VOTO E DA DEMOCRACIA PARLAMENTAR

A SERVIDÃO MODERNA XVIII: O SISTEMA MERCANTIL TOTALITÁRIO

A SERVIDÃO MODERNA XIX: PERSPECTIVAS

A SERVIDÃO MODERNA –  FILME COMPLETO DUBLADO

A SERVIDÃO MODERNA – TEXTO COMPLETO